TRE marca eleição suplementar de Paraú, RN

A eleição suplementar do município de Paraú, na região Oeste potiguar, vai acontecer no dia 4 de março de 2018. A data foi definida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte. O novo pleito vai eleger prefeito e vice-prefeito do município para o exercício do mandato até 31 de dezembro de 2020.

Prefeito e vice cassados

Eleitos prefeito e vice-prefeita em 2016, Antônio Carlos Peixoto Nunes e Antônia Francisca de Oliveira foram cassados pelo TRE no dia 26 de setembro deste ano após serem condenados por abuso de poder econômico. Desde então, o município de Paraú vem sendo administrado pela vereadora Socorro Paula, que era a presidente da Câmara Municipal.

Segundo o Ministério Público Estadual, em festas realizadas pela chapa durante a campanha em 2016, a chapa desrespeitou várias normas eleitorais. Os eventos se assemelhavam a showmícios, tinham distribuição de brindes e faziam a utilização irregular de paredões de som.

Funcionamento do cartório

Segundo o TRE, devido às preparações para a eleição suplementar, a partir do dia 2 de fevereiro até 8 de março, o Cartório da 54ª Zona Eleitoral, com sede em Assu, funcionará das 13h às 19hs nos dias úteis (sendo o horário das 13h às 14h destinado para expediente interno) e das 15h às 19h aos sábados, domingos e feriados.

Eleitores

Estarão aptos a votar os eleitores em situação regular no cadastro eleitoral, com domicílio eleitoral em Paraú até o dia 4 de outubro de 2017. Os eleitores que estiverem fora do seu domicílio eleitoral na data da realização da eleição suplementar (4/3/2018), deverão apresentar justificativa até o dia 7 de maio de 2018. O requerimento de justificativa pode ser preenchido e entregue em qualquer cartório eleitoral ou central de atendimento do eleitor. Também é possível justificar o voto enviando as informações pelo sistema Justifica, disponível no site www.tre-rn.jus.br. Não serão instaladas mesas receptoras de justificativa no dia do pleito.

Comente no Facebook